sábado, 22 de julho de 2017

Cadáver

Hoje eu sou apenas um cadáver
com órgãos funcionando bem.
Quero encostar num banco de praça
e me deixar morrer.
Só que até isso exige uma força,
um adeus, alguma coisa
e eu não tenho mais nada.



sexta-feira, 7 de julho de 2017

terça-feira, 4 de julho de 2017

Quem sou 2.doc

Sou clara de pele e de nome,
rôo as unhas e as tampas das canetas,
estou sempre atrasada.

Não sou clara de pensamento:
ando depressa demais
às vezes mais do que a mente.

Clara para mim remete a luz,
a brilho, ao sol.
Para algumas pessoas
só a clara de ovo.

- Claro, Clara.
As pessoas dizem isso e dão risada.
Eu viro os olhos:
é a décima vez que escuto isso hoje.

Meu nome é Clara,
mas eu não sei dizer ao certo
clara de quê.








Quem sou 1.doc

Gosto de abrir todas as janelas dos lugares que estou para circular o ar e não gosto de cheiro de gente que eu não conheço. Assim que começam os sintomas da ansiedade, vejo entre as minhas unhas qual está meio torta ou mais fraca e começo a ajeitá-la com os dentes até que ela esteja bem estragada. Acho que Deus são essas coincidências milagrosas que acontecem ao longo da vida. O meu primeiro amor foi um americano que se suicidou há alguns anos - às vezes eu me escondia atrás do muro do vizinho e ficava espiando ele na janela do quarto. Eu acho que me dou tão bem com crianças porque eu consigo me lembrar nitidamente de percepções que eu tinha naquela idade. Me lembro com detalhes de algumas situações e de como eu me sentia, como se parte de mim ainda fosse criança. Minha menstruação dura três dias, mas vem com uma depressão que quase acaba com a minha vida quase todo mês (nesse período eu escrevo muita poesia). A verdade é que eu detesto falar de mim, sinto que vou entediar qualquer pessoa que esteja ouvindo.

Cadáver

Hoje eu sou apenas um cadáver com órgãos funcionando bem. Quero encostar num banco de praça e me deixar morrer. Só que até isso exige um...