sexta-feira, 12 de abril de 2013

o seu

Eu posso até fingir que não me interessa
como já venho fazendo a um tempo
- tanto tempo
mas um dia você vai ter que me contar
tudo, tudo, tudo
que te preenche
que enche os seus olhos de chuva
um dia eu vou me cansar de não saber de nada
eu vou me cansar de não ouvir o seu coração
por mais bobo que ele seja
ele bate por algumas coisas
e por outras não
- quero saber de todas elas
mas é só você que pode me dizer
eu não vou adivinhar
eu não tenho bola de cristal
e nem quero ter.

Nenhum comentário:

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...