terça-feira, 12 de março de 2013

Se tornarem coisas

Quando eu acordo é sempre o mesmo café que espera para ser feito, o mesmo jornal que espera para ser lido e a mesma torrada que recebe requeijão. Gosto de as vezes parar pra pensar nessas coisas todas a noite como devem ficar. A torrada lá, dentro do plástico com as outras torradas (que ainda não viraram torradas), o leite esfriando dentro da geladeira, a cápsula de café esperando para se tornar um café fresquinho - mas ainda é só uma cápsula. As coisas na madrugada, esperando para acontecerem. A noite toda elas esperam, silenciosas em seus espaços. Enquanto isso eu durmo. E acho bonito as coisas esperando para se tornarem coisas. Acho bonito nada ainda ser.

Um comentário:

Anônimo disse...

Acho bonito ser você.

Disfunção

Esses dias eu descobri que tenho uma disfunção no cérebro. Fui diagnosticada por um médico. É mais ou menos assim: enquanto as coisas aconte...