sexta-feira, 22 de março de 2013

Preciso ir

Meu superego me engoliu.
Não sobrou nada além de mil perdões, adeus.

Nenhum comentário:

Lixo

As pessoas acham poesia uma coisa tão babaca sem propósito lixo Eu faço poesia na minha cabeça enquanto observo as pessoas Enfio a mã...