segunda-feira, 30 de julho de 2012

Cabelos

Ela cortou os cabelos pensando que alguma coisa mudaria.
Quando viu as mechas caindo, aos poucos, no chão do salão
-- chorou.
Deram-lhe água, café, tiraram-lhe o espelho.
Nada adiantou.
Ela chorava porque percebeu que, naquele dia ou nos próximos,
nada mudaria.

Um comentário:

Anônimo disse...

Seus cabelos vão crescer ao meu lado.

Lixo

As pessoas acham poesia uma coisa tão babaca sem propósito lixo Eu faço poesia na minha cabeça enquanto observo as pessoas Enfio a mã...