quarta-feira, 9 de abril de 2008

Confusões maiores


Já vi gente brigando tanto que não se sabia de quem era o soco. Já vi casais esquecerem se era o aniversário de um ou do outro. Já vi mães coçando a perna do filho, pensando ser a sua. Já vi olhares, barrigas, pêlos, dedos, horizontes e pensamentos se misturando como tintas molhadas que o pintor vai pôr na tela. Azul e amarelo que misturados são verde. Mas foi hoje que eu vi a maior confusão da minha vida. Hoje eu vi as lágrimas de um choro se misturando com as gotas de uma chuva. Não se sabia onde começava a chuva e onde terminavam as lágrimas.

4 comentários:

Eliana disse...

Nossa, q profundo Clara!
Adorei seu blog... passarei sempre por aqui!
Bjuss

Felipe Rubia disse...

então clara eu me formo esse ano em jornalismo pela Metodista e você em que ano está?
Bom dei uma olhada até no seu fotolog e queria saber porque luz amarela?
me passa seu msn depois para conversarmos mais
beijos

Bombom disse...

lindo demais, amei sis

NANDA MAGALHÃES disse...

ahahahaha fofa! pergunta pra mari, eu ate dei copy paste em alguns dos seus textos ahahahah

ps: gostei da foto do woody! ele ta velhinho fofinho de bochecha mole! unf

hehe

esse texto é lindo tb, pra variar!

obs: vo te manda email!

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...