segunda-feira, 19 de junho de 2017

Eu sei

Você me colocou em cima de uma prancha
e me empurrou para o mar
com um sorriso no rosto, desses de foto 
caminhamos na areia
falamos de riqueza, de vida, de amor
todas as nossas coisas
cheiravam a mexerica
você fez poucas piadas 
mas em todas eu ri
eu gostava de olhar para você
e você olhava pra mim 
como se eu soubesse de alguma coisa
(talvez eu saiba)



Um comentário:

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...