segunda-feira, 19 de junho de 2017

Lixo

As pessoas acham poesia uma coisa tão babaca
sem propósito
lixo

Eu faço poesia na minha cabeça
enquanto observo as pessoas

Enfio a mão no lixo
e encontro consolo
para minha solidão.


A sua falta

A falta que me faz  a sua falta é leve não chega a doer mas deixa um vazio uma fisgada um sussurro  eu aqui sentindo falta ...