segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Pra onde?

Para onde foi o meu peito 
com todos os meus sentimentos dentro? 
Talvez eu saiba, mas não posso falar, 
acho que faria a minha mãe chorar. 
O meu peito é tão brincalhão, 
poderia ter pregado uma peça.
Mas acho que não,
ele tinha um pouco de pressa.
Só sei que aqui ele não ficou,
só sei que as coisas que ele me levou,
são tudo que eu sou.

Disfunção

Esses dias eu descobri que tenho uma disfunção no cérebro. Fui diagnosticada por um médico. É mais ou menos assim: enquanto as coisas aconte...