segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Pra onde?

Para onde foi o meu peito 
com todos os meus sentimentos dentro? 
Talvez eu saiba, mas não posso falar, 
acho que faria a minha mãe chorar. 
O meu peito é tão brincalhão, 
poderia ter pregado uma peça.
Mas acho que não,
ele tinha um pouco de pressa.
Só sei que aqui ele não ficou,
só sei que as coisas que ele me levou,
são tudo que eu sou.

Lixo

As pessoas acham poesia uma coisa tão babaca sem propósito lixo Eu faço poesia na minha cabeça enquanto observo as pessoas Enfio a mã...