quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Ralo

Quando eu chego em casa e quero tudo
eu me esqueço o que é que eu queria,
e não quero mais nada.
É assim que funciona:
não amar mais, cinco minutos depois de ter amado.
Pra onde foi todo aquele amor?
Pra onde foi o que eu queria?
Devem estar lá na piscina,
quando eu mergulhei devo ter deixado lá embaixo.
Se tiver ralo, o ralo levou o meu amor.

Nenhum comentário:

Disfunção

Esses dias eu descobri que tenho uma disfunção no cérebro. Fui diagnosticada por um médico. É mais ou menos assim: enquanto as coisas aconte...