sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Um Pessoa

Para cada passo, cada suspiro, cada desgosto
Para cada sorriso, cada decepção, cada vazio
Para cada frio ou calor, amor ou abandono, para cada moça, cada amigo,
cada filho (embora ele só tenha um), para tudo que o faça mover-se
ele tem um Fernando Pessoa.

Nenhum comentário:

Lixo

As pessoas acham poesia uma coisa tão babaca sem propósito lixo Eu faço poesia na minha cabeça enquanto observo as pessoas Enfio a mã...