domingo, 17 de julho de 2011

Adeus

Adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus, adeus.


É tão difícil assim de dizer, meu deus?

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...