terça-feira, 16 de novembro de 2010

Isso um dia vai acabar

Isso tudo um dia vai acabar, mas eu não quero saber. Não quero que alguém me diga e eu não quero perceber. Eu não quero receber um aviso, não quero receber um sinal. Não quero ver, não quero, não quero, não quero. Eu quero acordar um dia, e de repente ver que o que iria acabar já não acabou, e que não tem mais o que acabar.

Nenhum comentário:

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...