domingo, 3 de outubro de 2010

Uma noite como outra qualquer


- São quatro valsas, com quem você vai dançar as outras três?

Um comentário:

Anônimo disse...

Todas, eternamente, com você...

poetinha

poetinha desligado  lê poesia pra mim tira soneca na rede anda descalço o que vai ter pra comer no café da manhã essa sereia ta...