domingo, 17 de outubro de 2010

Nada de críticos da arte

Os fortes que me perdoem:
os meus poemas são só para os fracos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Sou um forte fraco...

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...