sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Intocável

Às vezes eu desgosto tanto dos meus pensamentos, mas tanto. Nem o alto volume do rádio consegue abafá-los. Nem o desvio do meu olhar, nem outros pensamentos que tento pensar emcima daqueles. O que eu faço com esses pensamentos, se eles estão dentro de mim e tudo que é de dentro é intocável?

Tudo que é de dentro é intocável?
¨

3 comentários:

Adriano Queiroz disse...

Escreve, conta, canta, pinta, dance, fotografe, filme, grave...

A arte é a expressão do pensamento.

Gostei da sua reflexão.

Dario Duarte disse...

SIM!
Faz arte!! ;-)

Incontinente disse...

Queria que pensamentos tivessem um máximo de uso: você já pensou demais sobre isso, agora esse pensamento acabou.

Talvez aproveitassemos melhor a última vez... como a última bolacha do pacote.

Disfunção

Esses dias eu descobri que tenho uma disfunção no cérebro. Fui diagnosticada por um médico. É mais ou menos assim: enquanto as coisas aconte...