sexta-feira, 4 de abril de 2008

Ela tinha nuvens nos olhos

Por isso não podia ver o sol. Não via estrelas, Nem os amigos ela via. Eram as nuvens nos olhos. Muitas nuvens, muito cinzas. E por mais lindo que estivesse o dia, Não bastaria empurrar as nuvens, era preciso chovê-las.

Nenhum comentário:

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...