domingo, 14 de maio de 2017

agora

Chamei Deus de canto
falei baixinho
'agora'
e vi no horizonte
minha vida começar

Nenhum comentário:

Cadáver

Hoje eu sou apenas um cadáver com órgãos funcionando bem. Quero encostar num banco de praça e me deixar morrer. Só que até isso exige um...