quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Definir

Agora, neste exato momento, você é apenas parte - e uma parte enorme - do meu passado. E não é por causa dos oceanos, continentes ou horários. É por causa das nossas almas: no meu tempo presente eu não vejo você, eu não escuto você, eu não sinto você. As nossas almas não estão em contato, e eu repito: não é por causa dos oceanos. O que nos separa eu não posso dizer. Eu não sei dizer o que é. Talvez seja o ar da Califórnia, a água, a forma como o sol reflete no chão e na pele ou a forma como eu consigo usar as palavras nessa língua. Existe algo aqui, meu amor, e eu não sei definir o que é.

Nenhum comentário:

Lixo

As pessoas acham poesia uma coisa tão babaca sem propósito lixo Eu faço poesia na minha cabeça enquanto observo as pessoas Enfio a mã...