sexta-feira, 9 de maio de 2014

Me desculpe, noite

Me desculpe, noite, se eu a insultei sujando o seu silêncio com o barulho das teclas.

Nenhum comentário:

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...