domingo, 9 de junho de 2013

Balada

Uma mulher triste com uma cerveja na mão. Ela ri, conversa com quem conversa com ela, se bobear até dança um pouquinho, mas é infinitamente triste. Quem ali naquele mundo escuro cheio de mini saias vai perceber tanta tristeza?

2 comentários:

Ju Croki disse...

Talvez ela tenha escolhido o lugar errado pra ir... Ela deveria ter ficado em casa e assistido filminho com a melhor amiga :D a gente tem que se permitir ficar triste as vezes, a balada (pra mim) só piora...

Beijo, love u

Diogo Henrique Duarte de Parra disse...

Ou ela deveria ter ido a um samba!
No samba, as tristezas são choradas e sublimadas. rsrsrs.
Naquele mundo escuro, cheios de mini-saias, cheio de mi-mi-mi, a tristeza é elegantemente disfarçada.

solução

Hoje eu perdi o dia porque fiquei dançando no quarto. Eu sofro por dentro e meu quarto está uma bagunça, achei  melhor  dançar.