terça-feira, 14 de maio de 2013

Aspen

Eu me lembro quando você foi viajar pela primeira vez. Meu coração doía tanto. Eu quis me vingar saindo de casa, indo à padaria, à locadora, à uma esquina sem nada. Eu riscava os dias no calendário: faltam quinze, dezesseis, dezoito dias (porque parecia que os dias só ficavam mais distantes da sua volta). Eu me arrastava pela vida - foram vinte e poucos dias de angústia. Eu sei que eu exagerei, devo ter errado feio nesse exagero, mas a verdade é que eu tinha asma, porque era do seu peito que eu queria respirar.

Um comentário:

Anônimo disse...

quem me dera ser esse.

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...