quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Por favor, escorram

Há uma porção de lágrimas engasgadas nos meus olhos. Não sei como chorá-las, não sei como fazê-las escorrer. De vez em quando eu sinto uma dor qualquer e noto que elas ficam de prontidão, mas se recusam a cair. Eu tenho certeza que só quando eu conseguir fazê-las escorrer durante algumas horas (talvez dias) é que eu vou conseguir viver esse resto de vida que tenho pela frente.

Um comentário:

Vini Souza disse...

Se você diz "resto de vida", por que não tirar os sonhos que guarda no travesseiro e vivê-los?
É claro que se pode pedir algumas penas a uma alma penada, mas somente a própria alma pode fazer correr essas lágrimas.

Disfunção

Esses dias eu descobri que tenho uma disfunção no cérebro. Fui diagnosticada por um médico. É mais ou menos assim: enquanto as coisas aconte...