sábado, 9 de junho de 2012

De longe

Típico de uma paixão passageira, completamente passageira.
Tão passageira, que ela colocou os óculos e ele ainda estava lá.

Um comentário:

Anônimo disse...

finalmente você me viu?

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...