quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Descoberta

Eu ouvi você, tão desconhecido para mim,
dizer coisas bonitas e coisas engraçadas.
Algumas eu até esqueci de prestar atenção.
Fiquei pensando o quanto é incrível
- e perigoso
eu ter te ouvido assim.
Posso ter descoberto alguém.

Um comentário:

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...