quarta-feira, 6 de julho de 2011

Analista

Ele falou que eu tenho que ter paciência e jeitinho,
se não eu acabo atropelada por você e pelo meu acúmulo de silêncios.
Ele falou que acredita dessa vez.
Porque me conhece, sabe que eu vou embora antes do fim,
mas dessa vez ele acredita, não sei por quê
(na verdade eu sei, mas deixa pra lá).
Monalisa, o que você está pensando agora, ele pergunta.
E ele sabe que é em você, mas eu não digo.
Ele diz que eu preciso dizer tudo, porque ele nunca consegue adivinhar.
Você consegue?
Se fosse você ali sentado, no lugar dele, é capaz que eu não dissesse nada.
Você ficaria me olhando, eu olhando para o lado,
((silêncio))

2 comentários:

Anônimo disse...

Quisera ser eu, esse a te ouvir.

Woman Estetica disse...

Perfeito!

Disfunção

Esses dias eu descobri que tenho uma disfunção no cérebro. Fui diagnosticada por um médico. É mais ou menos assim: enquanto as coisas aconte...