terça-feira, 14 de junho de 2011

ou

Mais uma vez é isso: não sei se vou ou se fico.

Um comentário:

Anônimo disse...

Não vai, não fica, transborda! Estou aqui !

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...