terça-feira, 8 de março de 2011

... oito, nove, dez.

Não chorei dessa vez. Foi tudo tão triste como das outras vezes, mas eu aprendi a contar até dez.

Um comentário:

Anônimo disse...

No 11 estou a seu lado...

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...