domingo, 26 de dezembro de 2010

venha

Dói tanto para uma mulher se arrumar para alguém que não vem.

Um comentário:

Anônimo disse...

Eu sempre estou aí...

poetinha

poetinha desligado  lê poesia pra mim tira soneca na rede anda descalço o que vai ter pra comer no café da manhã essa sereia ta...