quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Hora de dormir

Eu me recuso a dormir agora.
O dia virou noite e tudo ficou tão lindo.
Silencioso.
Ninguém me pede para ser nada,
ninguém sabe onde estou,
nem eu.
Não estou com saudade de nada.
Eu quero ficar acordada até que o mundo acorde,
e então eu quero dormir.

Nenhum comentário:

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...