segunda-feira, 29 de março de 2010

Tu tens

Tu me tinhas
em segredo
em holofotes
em cada minuto
do dia,
tu me tinhas.
E hoje,
o que tu tens?

2 comentários:

Felipe Sanches disse...

Fico muito feliz que tenha gostado! Então, aquele poema já foi postado, dia 2 de maio de 2009. Apenas o resgatei, pelo fato de considerar o tema relevante à sua penúltima postagem. E aqui vai mais um, postado dia 27 de fevereiro de 2009. Tema parecido?

______________________

Sorrisos.
(Felipe Sanches)

Doce ferida ardida que marcou
a ausência repentina de seu ser
em minhas intermináveis noites
de parlatório sem razão.

Sem destino, pensamentos
dispersos no ar carregado
do ambiente úmido e fechado
do imaginário de lamentos.

Sozinho, agora sou grato
por poder caminhar
nas noites vazias de sentido,
mas cheias de sorrisos vazios.
_______________________

um beijo.

murilo disse...

"maria maria... é um dom (...) ou suor"?

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...