sábado, 12 de dezembro de 2009

caneta de dedos

Não consigo disfarçar a vontade de escrever poemas em seu peito. Será que algum dia você me deixa?

Nenhum comentário:

Insônia em quatro tempos

I mesmo quando a sua boca tem gosto de cigarro eu gosto do seu gosto às quatro da manhã II é tanto amaciante que as flores do campo ...