quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Na nossa frente, em outro mundo no entanto



E, no entanto, ele caminhava tranquilo.
E, tão tranquilo no entanto, talvez mais até do que eu.

Um comentário:

Douglas Picchetti disse...

Clarita, fazia tempo que eu não entrava aqui. E a cada vez que eu entro, gosto mais de tudo que você escreve. Essa foto tá animal, porque foi tirada por você e é entupida de sensibilidade. Você é demais.

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...