terça-feira, 23 de junho de 2009

O hoje da minha irmã

Olha só que engraçado isso: minha irmã, lá na Austrália, falou que a noite daqui é dia de lá. Claro que eu já sabia, claro que isso é óbvio, claro. Mas eu nunca tinha parado para pensar direito. Eu nunca me importei com o fuso horário dos cangurus australianos, até terça passada. Ela falou ainda, brincando: "quem sabe eu espio a resposta dos seus problemas aqui no futuro e te ligo para contar!" Pensei, então, que eu nunca mais vou ficar sozinha enquanto ela estiver lá.

3 comentários:

Ricardo disse...

Além de estar A-NI-MAL esse texto, eu fui o visitante de número 20000 do seu blog! Tenho até print screen provando! hahaha!
Parabéns pelos textos! Muito bem escritos!
Beijos do Ricardo (popo)

Anônimo disse...

O amanhã guarda você junto de mim.
Aguarde e verá...

Anônimo disse...

que legal o teu blog...leve, leve.....

Bjo!

@inararoyal

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...