sábado, 7 de março de 2009

Quando eu te vejo

Acordo com vontade de não acordar. Não há sol lá fora (e nem aqui dentro). Meu celular está cheio de promessas que não vingarão, porque eu não quero. Estou cheia de expectativas, porque é assim que eu vivo. Fico meio sem saber por onde começar. Então você me liga:
-Vamos tomar um sorvete? Olhar as ruas e as pessoas? Quero te contar sobre os meus sonhos de sempre.

Então nós vamos. O papo é o de sempre, o sorvete é o mesmo sabor de sempre e não há nada de novo. Mas de repente a gente começa as risadas, também de sempre, e eu começo a ficar com vontade não só de acordar, mas de não ir dormir nunca mais. De repente você me mostra o quanto eu sou divertida, o quanto eu importo no mundo e para você. De repente, você nem sabe disso, mas você salva a minha vida. E é assim todos os dias que eu te vejo.


Obrigada, Croki.
¨

Um comentário:

Juliana Ziolkowski disse...

VC QUER ME MATAR DO CORAÇÃO???
croki, que lindo!!!!!!!
Fiquei arrepiada... a única coisa que eu quero dizer, e que é ÓBVIO, é que é recíproco!!!!!!!!!!!
Tão recíproco que depois de tudo de deprê que eu te contei hj no japonês, só de passar o dia com vc, vc me trouxe de volta pro meu mundo! Pro nosso mundo! E que é a melhor realidade que existe! Não troco isso por nada!
Te amoooooooooooo!!!!!!!! Infinitos!!!
Croki croki

solução

Hoje eu perdi o dia porque fiquei dançando no quarto. Eu sofro por dentro e meu quarto está uma bagunça, achei  melhor  dançar.