segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Platão de perto

Eu queria que você ficasse me olhando de longe, enquanto eu estivesse distraída. Queria que você escrevesse poemas secretos para mim e eu nem imaginasse. Queria que você olhasse minhas fotos, procurasse os meus amigos e chamasse o meu nome sem eu saber. Eu queria que você me descobrisse antes, que eu fosse escolhida por você. E que assim, bem de repente, nossos olhares se encontrassem, depois de tanto se procurar em outros olhares.
Você é dessas pessoas que observam as outras de longe?

3 comentários:

Vâmvú disse...

Lindo isso, Clara, lindo. Um tanto quanto melancolicamente lindo...
Bjão

Marc disse...

Fiz tudo isso e você nunca percebeu. Poderia fazer mais, mas achei que estivesse de novo amor. Sou dessas pessoas que observam de longe sim, mas que dão preferência a observar de perto, pois sou olfativo, gosto de cheiros. Também adoro cores e sabores. E, esses, só provando.

DeathVult disse...

A distância tem suas vantagens e desvantagens.

Mas de certa forma, todos sempre serão distantes uns dos outros não importa quanto juntos estejam.

Viela, montanha, isolamento

Por que desviei? Por que não observei, por que não ouvi o seu chamado? Em que viela, montanha, isolamento eu estava? Quando você apar...