sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Às vezes funciona (a meu favor)


Eu só gosto de fazer as coisas todas se for assim: Num ímpeto tão forte que não dá tempo de escutar o que o arrependimento tem a dizer.

5 comentários:

Eduardo disse...

E dane-se o pré-arrependimento.

Dario Duarte disse...

SIM!!! Isso deveria ser lei.

Vâmvú disse...

Perfeito!
Concordo com o Dario...

Anônimo disse...

meudeus!
amei teu jeito de escrever,tuas palavras...amei esse blog,te achei no manual do cafa,tbm tenho blog mas não te passo nem sob tortura,por enquanto eu só vou te elogiar e elogiar e parabenizar por suas lindas letras.
continua assim e vê se escreve logo um livro,nossa futura Lispector.
Dafne B.

Eu,Pamela Gama. disse...

A meu favor também!,e sempre.

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...