terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Trem para as estrelas

Essa música nasceu no mesmo ano que eu nasci: 
nascemos juntas, eu e a música. 
Mas eu não trouxe nenhum trem para as estrelas. 
Trouxe talvez o túnel, mas não sei se bom: 
sem luz no fim.

Nenhum comentário:

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...