domingo, 9 de dezembro de 2012

76 kg

Quando ele entrava no carro, pareciam setenta e seis quilos de tristeza pesando no banco. E quando ele saía, a tristeza continuava lá. 

2 comentários:

Aline Netto disse...

Como sempre lindo e profundo!
Adoro!

Bjs
Aline
http://www.alinenetto.com.br/

Aline Netto disse...

Como sempre lindo e profundo!
Adoro!

Bjs
Aline
http://www.alinenetto.com.br/

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...