segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Era uma vez

Acho que parei.
Não sei se por hoje, se por agora, se para sempre. Eu parei.

Nenhum comentário:

Censura

Se escrevo essa poesia agora é porque ainda ninguém me parou ela só está neste pedaço de papel porque ninguém o encontrou e picotou. Se...